• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!

Anatel prepara regulamento para evitar interrupções sistêmicas do STFC

A Anatel está trabalhando internamente em um regulamento para tentar resolver o problema de interrupções sistêmicas nas redes do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC). A proposta surgiu depois que, no ano passado, o serviço de telefonia da Telefônica ficou fora do ar por algumas horas. A proposta da Anatel é estabelecer uma meta do total de interrupções admissíveis em uma operação de STFC, tanto para concessionárias quanto para autorizadas. A agência pretende estabelecer um limite (bem baixo) para interrupções admissíveis e exigir a prestação de informações imediatas à sociedade por meio de veículos de comunicação da região afetada em caso de panes sistêmicas (não programadas). A agência também quer ter a possibilidade de monitorar, remotamente, o nível de falhas do STFC. Além disso, o histórico de falhas deve ser mantido atualizado e registrado para consulta da agência a qualquer momento, sobretudo para operadoras com PMS (Poder de Mercado Significativo). A agê

Treze novas empresas serão treinadas para instalar BES no Brasil

O lançamento do BES Express, versão gratuita do BES (Blackberry Enterprise Server), deve fazer crescer de maneira significativa a quantidade de usuários corporativos de BlackBerry, já que muitas empresas de pequeno e médio porte não aderem ao serviço em razão de seu custo. Para atender a esse aumento da demanda, a RIM entendeu que era preciso habilitar novos parceiros para a instalação e administração de BES e BES Express, mercado hoje dominado por poucos parceiros. A Navita, única empresa brasileira classificada pela RIM como uma parceira "elite", é a responsável pelo treinamento dos novos entrantes. Ao todo, 13 empresas estão realizando o curso. Seis foram treinadas esta semana e outras sete terão as aulas na semana que vem. Depois disso, os parceiros já poderão oferecer os serviços no mercado. Para receber a certificação, contudo, será preciso realizar uma prova aplicada pela RIM. Passar nessa prova talvez requeira um pouco mais de experiência, além do conhecim

Binário Mobile competirá na gestão de BES no Brasil

O mercado de outsourcing de gestão de BES (Blackberry Enterprise Server) no Brasil é dominado por poucas empresas. Um dos motivos para isso é o longo e criterioso processo conduzido pela RIM para certificar uma companhia a prestar esse serviço. A Binário Mobile, que iniciou suas atividades com a oferta de aplicativos móveis corporativos no Brasil em outubro do ano passado, será a mais nova competidora nesse segmento. A companhia deve receber a certificação da RIM em abril. O gerente comercial da Binário Mobile, Estevan Bataglia, acredita que há espaço no mercado brasileiro para oferecer outsourcing de BES a preços mais baixos do que os praticados hoje pelos poucos players disponíveis. Dentre os concorrentes da Binário nessa área estão a IBM e a Navita. A Binário já tem experiência com gestão de BES no Chile, onde uma subsidiária sua presta serviços móveis há dois anos. A certificação da RIM, contudo, não pode ser estendida automaticamente para operações da mesma e

Lula confirma anúncio do PNBL em abril

lulaO presidente Luiz Inácio Lula da Silva reafirmou nesta segunda-feira, 22, o interesse do governo de lançar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) no próximo mês. Na coluna semanal "O Presidente Responde", Lula declarou que "o PNBL está em discussão interna no governo e deve ser lançado em abril". A agenda para o próximo mês já vinha sendo divulgada pelo responsável pelo PNBL no Planalto, o assessor especial Cezar Alvarez. Mas esta é a primeira vez que o próprio presidente confirma a intenção de lançamento do projeto em abril. Os comentários de Lula sobre o plano foram feitos em resposta a um questionamento do cidadão Victor Cavalcanti Rodrigues, engenheiro de software. O engenheiro perguntou se o PNBL deve ajudar no crescimento do mercado eletrônico do Brasil e se o Estado terá meios de inv

Anatel publica súmula do desbloqueio

Foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 22, a Súmula nº 8/2010 da Anatel, onde a agência esclarece as regras do desbloqueio de telefones celulares. O esclarecimento da reguladora põe fim a um embate entre as operadoras celulares que dura mais de dois anos. Pela súmula, os clientes têm direito ao desbloqueio de seus aparelhos "a qualquer momento" e que as empresas não podem executar "a cobrança de qualquer valor" pelo serviço. Também ficou definido que a prática do desbloqueio não significa quebra do contrato de fidelidade firmado entre a operadora e o cliente. Na prática, o cliente fidelizado poderá desbloquear seu celular, mas continua obrigado a permanecer na operadora até o fim do contrato (normalmente com vigência de 12 meses). O Conselho Diretor da Anatel decidiu ainda que o desbloqueio seja incluído na lista de "direitos dos usuários" afixadas obrigatoriamente em todas as lojas das empresas de telefonia móvel, apesar de esta decisão

Oi registra piora nos resultados financeiros e prejuízo em 2009

cifraoA Tele Norte Leste Participações (TNLP), controladora da Oi, fechou 2009 com prejuízo líquido de R$ 436 milhões. O resultado negativo foi atribuído a despesas não recorrentes, ao impacto do lançamento de serviços em São Paulo e à "distorção fiscal devido à amortização/aproveitamento de ágio". Em 2008, somando os resultados da empresa e da antiga Invitel, então controladora da Brasil Telecom, o lucro do líquido do grupo fora de R$ 1,087 bilhão. A maior parte do prejuízo da TNLP se concentrou no quarto trimestre de 2009, quando o resultado negativo foi de R$ 365 milhões. Para efeito de comparação, todos os números de 2008 estão incluindo os resultados da Invitel. A receita líquida em 2009 permaneceu praticamente estável em relação a 2008, caindo apenas 0,2%, de R$ 29,95 bilhões para R$ 29,88 bilhões.

RIM passa a fabricar no Brasil e vai vender aparelho desbloqueado no varejo

imagesA RIM anunciou nesta quinta-feira, 11, em São Paulo a fabricação do modelo Blackberry Curve 8520 no Brasil, com produção terceirizada para a Flextronics. Em dezembro do ano passado TELETIME News revelou que a companhia estudava a fabricação do produto no Brasil ou na Argentina. O Blackberry Curve 8520 é o aparelho mais barato no portfólio da RIM e primeiro Blackberry voltado para o público não corporativo. É um quadri-band com teclas exclusivas para recursos multimídia. O Curve 8520 – conhecido como Gemini no exterior – há dois trimestres consecutivos é o campeão de vendas da RIM no Brasil. Em evento que reuniu diversas autoridades e parceiros, o co-CEO da RIM, Jim Balsilie, disse que o Brasil é um líder reconhecido na América Latina e que o mercado de smartphones no País deve dobrar de tamanh