• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!

Amazon, Apple, Google, HP, Microsoft e RIM firmam acordo sobre privacidade em dispositivos móveis

Seis empresas de tecnologia – Amazon, Apple, Google, HP, Microsoft e RIM –, firmaram acordo para regulamentar a coleta de dados pessoais em aplicativos desenvolvidos para dispositivos móveis. A medida, que vinha sendo negociada desde agosto do ano passado, foi protocolada no Departamento de Justiça do Estado da Califórnia na última quarta-feira, 22. Segundo o documento, software desenvolvido para smartphones e tablets terá obrigatoriamente uma política de privacidade. Dessa maneira, ao utilizar um aplicativo, o usuário terá que ler e concordar com os termos antes de fazer o download.

As empresas também se comprometeram a orientar desenvolvedores sobre a nova medida. Os programadores devem deixar explícito aos consumidores quais são as informações privadas às quais os apps terão acesso, como elas s

Operadoras brasileiras se rendem ao mercado dual-chip

O mercado brasileiro de telefonia, sobretudo o pré-pago, está tão concorrido que as operadoras móveis estão sendo forçadas a repensar algumas de suas convicções. O aparelho dual-chip é um exemplo disso. Apesar de toda a economia, flexibilidade e popularidade que sempre gozou entre os usuários, o celular com dois (ou mais) SIMCards sempre foi visto com maus olhos pelas teles, como uma espécie de canibalizador de receita. No entanto, hoje três das quatro maiores operadoras móveis do País (Claro, Oi e TIM) já comercializam aparelhos dual-chip em suas lojas.

A Vivo, a única que ainda não tem aparelhos multi-chip em suas prateleiras, mostra ao menos que tem consciência do tamanho e da importância deste mercado. “Essa coisa de ‘o cliente ser só meu’ não comporta mais”, admite Fabio Zacharias, gerente nacio

Teles buscam artifícios para "se esquivarem" de metas de qualidade, diz ProTeste

A ProTeste enviou ofício à Anatel nesta quinta, 16, em que demonstra sua preocupação sobre artifícios que as empresas estariam utilizando para não aplicarem as regras de qualidade da banda larga que entrarão em vigor em novembro.

Segundo a entidade, as empresas estariam alegando que o serviço prestado no âmbito do termo de compromisso assinado pelas teles com o Minicom seria regido por regras específicas, acordadas antes da edição dos regulamentos de qualidade do SCM e do SMP.

Outra suspeita da ProTeste seria de que as companhias estariam alterando os contratos de serviço com o objetivo de “se esquivarem” do cumprimento das metas de qualidade, deixando de incluir cláusulas que garantem esse cumprimen

Telecom ainda tem pouca participação nos benefícios da Lei do Bem

Relatório de acompanhamento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), divulgado no final do ano passado, mostra que apenas seis empresas do ramo das telecomunicações usufruíram, no exercício fiscal de 2010, da chamada Lei do Bem (11.196/2005), que concede benefícios fiscais para as empresas que investem em inovação. O valor da renúncia foi de R$ 2,9 milhões deduzidos do Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido.

Apesar do número de empresas beneficiadas crescer ano a ano, no setor de telecom houve um pico em 2008 e 2009. Em 2007, apenas 3 empresas do setor foram beneficiadas; mas, em 2008 esse número pulou para 17 e em 2009 atingiu 21 empresas. Em 2006, ano em que a lei entrou em vigor, nenhuma empresa do setor foi beneficiada. Já a curva no número total de empresa

Telecom Web Manager contratado na EcoRodovias

A EcoRodovias, com sede em São Bernardo do Campo/SP, pertencente a um dos maiores grupos de infraestrutura e logística intermodal do Brasil, fechou com a Guiando Telecom o contrato do Telecom Web Manager, nosso sistema com foco na auto-gestão das despesas de telecomunicações, parar gerir sua planta de telefonia móvel. Com certeza esta parceria será de grande sucesso, assim como todas as parcerias que a Guiando tem com seus clientes.