• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!

Google prepara tablet próprio para concorrer com o iPad

O Google pretende  lançar um tablet próprio para competir com o iPad, da Apple. A informação é do ex-CEO e presidente do conselho do Google, Eric Schmidt, que revelou que a gigante de internet tem intenção de lançar um tablet de "alto desempenho" e que o aparelho deve chegar ao mercado nos próximos seis meses. No entanto, o executivo, que concedeu entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera, não deu detalhes de seus atributos.

A afirmação foi feita quando Schmidt comentava a alta competitividade do mercado de mobilidade, em especial o de smartphones. O executivo frisou que este segmento será po

Brasil fecha novembro 38,83 milhões de terminais 3G; Claro é líder

Dos 236,08 milhões de acessos de telefonia móvel registrados em novembro pela Anatel, 38,83 milhões eram terminais 3G, o que representa uma participação de 16,45% de toda a base móvel do País. Vale lembrar que a Anatel considera no total de terminais 3G os handsets 3G propriamente ditos e terminais de dados, como modems USB e POS sem fio para operações de débito e crédito.

A Claro lidera o ranking brasileiro de acessos 3G com um total de 15,035 milhões de terminais, o que representa uma participação de 38,72% do mercado de banda larga móvel do País de acordo com dados da Anatel. Em segundo lugar, vem a Vivo, com 13,485 milhões terminais 3G e market share de 34,73% Na sequência vêm TIM, com 8,533 milhões terminais e 21,98% de share; Oi, com 1,594 milhão e 4,10%; CTBC, 170,256 mil e 0,44%; e Sercomt

Oi deve manter ritmo de investimentos, diz diretor da operadora

O diretor de avaliação estratégica da Oi, Luiz Rosa, reforçou nesta sexta-feira 16, durante o Fórum Telequest, que a empresa pretende manter o ritmo de investimentos neste ano, mesmo que haja uma crise-financeira internacional. “Há uma demanda muito forte, então, a tendência é continuar investindo”, comentou o executivo em São Paulo.

Segundo ele, a estratégia da operadora, para os próximos anos é intensificar a implantação de redes de fibra ótica em regiões onde há mais viabilidade econômica. Desta maneira, a empresa dará vazão ao projeto de Fiber To The Home (FTTH), em planejamento desde 2008. “É um estímulo aos investimentos, afinal, uma coisa puxa a outra”, comentou sobre a necessidade de se expandir as redes, aliada às novas possibilidades de negócios geradas com a nova regulamentação da TV pa

Huawei projeta quadruplicar contratos empresariais até 2015

A fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações Huawei estima que seus contratos mundiais na área corporativa totalizem US$ 15 bilhões até 2015. A cifra, se confirmada, será quase quatro vezes superior aos US$ 4 bilhões registrados neste ano, segundo o presidente de marketing da Huawei, David He, em entrevista a imprensa internacional. Neste ano, a Huawei criou uma unidade de negócios empresarial para competir com fabricantes como a Cisco, por meio da qual atua diretamente com a modalidade de comércio entre empresas (B2B). A unidade oferecerá serviços de computação em nuvem e videoconferência, além de vender equipamentos de infraestrutura e dispositivos móveis. Fonte: Teletime

BlackBerry domina 67% do mercado corporativo na América Latina

A preferência por BlackBerry no mercado corporativo não é novidade, mas agora foram divulgados números de uma pesquisa do IDC referentes à América Latina que dão a exata medida dessa liderança. Segundo o levantamento, 67% de toda a base instalada de smartphones corporativos na região são BlackBerry. Ou seja: dois terços. Em segundo lugar vem a Nokia, com 12,1%, seguida de Apple (8,3%), Motorola (5,2%), Samsung (4,1%), LG (2,2%), HTC (1,1%), Sony Ericsson (1%) e Palm (0,3%). É importante destacar que esses percentuais se referem a todos os smartphones em serviço no momento e de posse de grandes corporações. Não estão incluídos, portanto, aparelhos pessoais usados para trabalho por executivos. Os dados foram divulgados pela RIM, fabricante do BlackBerry, em evento da empresa realizado no Rio de Janeiro nesta quarta-feira, 30.

TIM terá 10 mil hotspots Wi-Fi até o fim de 2012

A TIM decidiu investir em uma rede própria com tecnologia Wi-Fi para desafogar suas Atenas de terceira geração (3G). A operadora instalará 10 mil pontos de acesso Wi-Fi nas principais cidades do Brasil até o fim de 2012. As prioridades serão áreas públicas com grande concentração de pessoas, como praças, estádios e aeroportos. "Aumentar a rede 3G custa cinco vezes mais que Wi-Fi, considerando a mesma capacidade", calcula uma fonte da operadora.

Para o assinante da TIM, a rede Wi-Fi será como um complemento à cobertura 3G, sem a necessidade de fazer um plano à parte. Por exemplo: o usuário pré-pago do Infinity Web pagará os mesmos R$ 0,50/dia quando acessar as redes Wi-Fi ou 3G. Tampouco será necessária uma senha para Wi-Fi. A TIM fará uma autenticação automática de seus usuários através do SIMcard