• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!

Em dez anos, 60% da classe C terá banda larga, diz estudo

banda_largaEm dez anos, 53% da população de classe C no Brasil terá acesso à internet, dos quais 60% serão em banda larga, de acordo com estudo do Programa de Estudos do Futuro da Fundação Instituto de Administração (Profuturo/FIA). A projeção é que, em 2020, a internet atingirá 99% dos internautas de classe A, todos com conexão em banda larga, 90% de classe B, dos quais 90% terão banda larga, e 25% de classes D e E, com um quarto dos acessos em banda larga. O estudo aponta ainda que, durante os dez anos estudados, 33% dos acessos à web serão feitos por meio de modem ou rede sem fio e 31% por meio da tecnologia WiMAX. As conexões em 4G e pela rede elétrica responderão por 17% e 11% dos acessos à internet em 2020, respectivamente. O coordenador do Profuturo, o professor James Wright, diz que os principais responsáveis pelo crescimento do número de internautas no Brasil serão a redução do custo de acesso à internet em alta velocidade promovida pelo Plano Nacional de Banda Larga e o incentivo à compra de computadores pessoais e outros aparelhos com conexão à web. Wright acredita também que a expansão da internet no país deve aumentar o PIB nacional, já que ampliará as oportunidades de negócios para as empresas, de trabalho para a população e promoverá o acesso à informação com cada vez menos restrições geográficas. Fonte: Teletime

TWM - Telecom Web Manager

Comentários

Comente você também