• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!
image

6 itens para entender de onde vem o Retorno sobre Investimento em gestão em telecom

Como já mostramos em alguns cases da Guiando Telecom, uma gestão de telecom bem feita pode gerar economias maiores que o investimento para sua implantação. Sendo o ROI uma preocupação dos executivos das empresas, que atesta a eficiência de processos e o acerto dos investimentos, ele atua como fator determinante para conscientizar as corporações da importância do T.E.M. Em alguns pontos é possível demonstrar, na prática, de onde vem o retorno. Estatisticamente, os itens abaixo garantem economia de até 40%. Vamos aos exemplos:

1 - Mapeamento das etapas no processo de faturamento: entender qual o caminho das faturas dentro da empresa é fundamental para evitar que as contas fiquem paradas. Retorno: eliminação de multas e juros por atraso.

2 - Automatização cadastral: cadastros de inventário atualizados automaticamente por softwares de gestão garantem acesso adequado aos ativos de telecom. Celulares e ramais ficam vinculados aos usuários que realmente necessitem deles para seu trabalho. Retorno: o controle permite identificar linhas em desuso, que podem ser canceladas.

3 - Políticas de utilização: políticas de utilização dos ativos também são responsáveis por mais controle nos gastos. Determina-se, por exemplo, o nível de consumo da linha, com bloqueio após o alcance do limite. Retorno: gastos não extrapolam o orçamento.

4 - Política de contestação: Deve ser criada uma política de corte para contestar as faturas – com ou sem litígio. Suponhamos que a contestação é superior ao estipulado de 5%. Nesse caso, a ela não é paga até o retorno do valor; caso contrário, a diferença é paga e ressarcida em outras contestações. Retorno: mais agilidade no processo de correção de tarifas na base da operadora.

5 - Conciliação de ligações particulares: Pode-se optar por liberar que os colaboradores façam ligações pessoais a partir dos aparelhos corporativos, reembolsando as chamadas. Retorno: esses custos deixam de ser pagos pela empresa.

6 – RFP: A partir da visualização de todo o ambiente da empresa, lança-se a RFP, deixando claras as necessidades para a contratação de tarifas, conseguindo assim os melhores serviços, por valores adequados. Retorno: tarifas menores, redução no valor das faturas.

TWM - Telecom Web Manager

Comentários

Comente você também