• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!
image

Fim de ano: hora de apresentar os resultados anuais em telecom

Para muita gente, a chegada do fim de ano lembra festas, encontros e comemoração. Mas, primeiro, as obrigações: é preciso avaliar os resultados obtidos em telecom durante o período. Visando o controle de custos e seu consequente impacto positivo na empresa, é hora de analisá-los e apresentá-los.

Em primeiro lugar, deve-se analisar a evolução dos custos com cada operadora ou serviço contratado, somando-se todos os gastos mensais. Como o volume de negócios – e, consequentemente, de acessos ao serviço – pode aumentar durante o ano, é necessário analisar o ticket médio, ou seja, o custo por acesso. A análise também oferecerá subsídios para que se saiba com quais serviços a empresa mais gastou. Uma boa dica é aplicar os dados em um Gráfico de Pareto: visualizando os gastos, fica mais fácil pensar em estratégias de redução de custos para o próximo ano.

Auditoria e inventário

Também é o momento de fazer um estudo sobre as auditorias: as contestações de cobranças enviadas às operadoras durante o ano foram aceitas? Se a rejeição foi alta, deve-se rever o processo de auditoria; caso não se encontre nada em desacordo com este, é importante saber com a operadora o porquê disso. 

Com relação ao inventário de telefonia móvel, é hora de reunir as informações dos aparelhos e checar os prazos de fidelização vinculada às linhas. Dessa forma, o setor de telecom pode programar, se necessário, novas aquisições para o ano seguinte. Para evitar surpresas desagradáveis, não se deve esquecer de checar os contratos com atenção: eles podem garantir backup de aparelhos, ou seja, novos ativos sem custos adicionais.

Seguindo essas dicas será possível analisar os resultados anuais de telecom de forma organizada e eficiente, mensurando os pontos positivos e os que devem ser melhorados na área para o próximo ano. Explicamos tudo isso com mais detalhes e exemplos em um e-book exclusivo da Guiando Telecom. Clique aqui para ler.  

TWM - Telecom Web Manager

Comentários

Comente você também