• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!
image

"O serviço de voz morreu", diz CEO da Telecom Italia, Marco Patuano

Para o CEO mundial da Telecom Italia, o serviço de voz morreu. Segundo Marco Patuano, que falou nesta terça, 14, durante a Futurecom, "o modelo de venda de minutos de voz perdeu o sentido, e isso está sendo precipitado pela queda (nos valores) da interconexão. Haverá uma mudança na forma como vendemos os produtos", diz ele. Ele explica que quando as tarifas de interconexão caírem abaixo de 10 centavos, o modelo de tráfego on net e off net não faz mais sentido. Para Patuano, o modelo deve ser o de flat fee, com diferentes valores para diferentes perfis. Mais adiante, durante debate, Patuano foi mais enfático: "O serviço de voz morreu. Ele será apenas mais uma aplicação sobre a rede de banda larga".

Para o CEO mundial da Telecom Italia, o problema desse novo modelo é que existe uma pressão para a redução do custo do acesso, independente do volume de uso, e isso é um problema para a indústria. Para ele, a saída é a busca da qualidade de serviço. "O que temos que buscar é que o valor percebido da conectividade não seja percebida como valor zero, e isso virá da ubiquidade e da qualidade de serviço".

Ele acredita que a indústria de telecom ainda tem muito a evoluir na oferta de serviços de forma integrada ("e não podemos confundir isso com a concessão de descontos") e na convergência de plataformas. Para Patuano, o mercado no Brasil tem um grande potencial de crescimento de dados. "Hoje, 64% dos clientes ainda não usa tráfego de dados, e 1 milhões têm smartphones, mas não contrataram o serviço", diz Patuano.

Fonte: Teletime

TWM - Telecom Web Manager

Comentários

Comente você também