• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!
image

Contestar as faturas de telefonia é necessário, mas como saber onde estão os problemas?

Você tem alguma ideia de quanto dinheiro sua empresa pode estar jogando fora por causa de cobranças indevidas em telefonia? Talvez alguns dados ajudem a entender esta questão. Começamos com um exemplo simples: só no ano passado o setor de telecomunicações superou o bancário e passou a liderar o ranking de reclamações no Procon de São Paulo. Foram 75.401 registros, 13,18% a mais que em 2012.

No número de reclamações por empresa, a presença das teles também impressiona. Entre as dez com maior número de reclamações, quatro são de telefonia: as principais do Brasil. Felizmente, na maioria das vezes os problemas são resolvidos. Os dados do Procon-SP apontam um índice de solução de 68% a 85%, variando de empresa para empresa. Isso nos leva a um ponto chave: ainda que as questões possam ser solucionadas, é preciso saber onde estão os problemas, e é para isto que serve a auditoria das faturas.

Vai reclamar? Descubra onde está o erro!

Há várias formas de saber se está se pagando o justo – e principalmente o combinado – pelos serviços de telecom. Levantar os contratos ativos é uma das primeiras ações necessárias. Não se pode permanecer pagando contas com erros ou cobranças indevidas, bem como planos em desacordo com as normas da Anatel. Dentro de uma empresa com muitos contratos e linhas, é possível até ter algumas dessas ociosas, gerando gastos desnecessários.

Ao encontrar os erros, sempre passíveis de reclamação como mostram os dados do Procon, deve-se contestar: pedir o ressarcimento do valor indevidamente cobrado, solicitação que as operadoras têm até 30 dias para responder. A questão é que, em empresas com muitos serviços contratados, o trabalho de levantamento de dados para contestação é maior e mais complexo. É neste momento em que sistemas de T.E.M. (Telecom Expense Management) são úteis, automatizando o trabalho e cobrindo com precisão e agilidade todos os processos de telecom, como já falamos aqui no blog.

TWM - Telecom Web Manager

Comentários

Comente você também